“A praticagem em Suape tem sido uma grande parceira”


A Praticagem de Pernambuco tem contribuído para aumentar a capacidade do Porto de Suape, otimizando os investimentos em infraestrutura, sem nunca descuidar da segurança das operações, missão da atividade. O destaque é do presidente do Complexo Industrial Portuário de Suape, Leonardo Cerquinho, anfitrião do Nordeste Export, evento regional do Fórum Nacional de Logística e Infraestrutura Portuária (Brasil Export), realizado nos dias 26 e 27 de outubro, com o apoio da Praticagem do Brasil.

– A praticagem em Suape tem sido uma grande parceira nos últimos anos. Conseguimos desenvolver uma série de novas operações como Ship to Ship (transbordo de óleo a contrabordo) e com novos navios tipo, tanto no Tecon Suape quanto nos estaleiros Promar e Atlântico Sul. Todos esses processos aconteceram em cooperação com a praticagem, que não apenas aprovou, mas construiu conosco, especialmente nas simulações (dos projetos) na USP – afirmou Cerquinho.

Ele lembrou da entrada recente de um navio de 336 metros de comprimento no porto e disse que já está em discussão com a praticagem e a Marinha a aprovação de embarcações de 366 metros:

– Junto com a praticagem acreditamos que chegaremos a um bom termo sem a necessidade de novos investimentos.

5 visualizações0 comentário