Práticos brasileiros investem em treinamento em modelos tripulados

Com a tendência de crescimento nas dimensões dos navios porta-conteiner em todo o mundo, existe a previsão que alguns portos brasileiros recebam em breve os chamados ULCV (Ultra Large Container Vessel).
O Conselho Técnico do Conapra vem estudando esse assunto há algum tempo e já conseguiu viabilizar um treinamento em modelos tripulados no Maritime Pilots Institute, nos Estados Unidos, para associados do Conapra. Recentemente surgiu uma nova opção, que é realizar um treinamento semelhante no
Centro de Modelos Tripulados do Panamá. Trata-se de uma alternativa mais econômica e mais simples do ponto de vista logístico.
Foi realizada uma visita técnica para conhecer as instalações e a impressão geral foi bastante positiva. O centro de modelos tripulados foi construído com assessoria da equipe de Port Revel com o objetivo de treinar os Práticos Panamenhos nas manobras de navios Pos-Panamax.

Da mesma forma que no treinamento do MPI, a intenção é montar turmas de 2 a 4 alunos com o seguinte programa:
• 3 dias de modelos tripulados;
• 2 dias acompanhando manobras com Práticos Panamenhos (sujeito à confirmação devido à necessidade de autorização da Autoridade do Canal do Panamá).
Os treinamentos seriam realizados de segunda a sexta-feira, de modo que os Práticos chegariam no domingo e pegariam o voo de volta no sábado.

Deve-se ressaltar que o papel do Conapra será apenas o de facilitador desse processo, no sentido de organizar as turmas, se houver Práticos voluntários em quantidade suficiente. Os custos de transporte, hospedagem e do treinamento em si ficarão a cargo de cada Prático, bem como a responsabilidade pela compra de passagens e pelo pagamento a cada uma das instituições nos prazos previstos.